[email protected] (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 25 de outubro de 2017

Soja com preços mistos no Brasil:

Alta no interior (Sorriso) e baixa no Porto de Paranaguá.

As cotações da soja apresentaram comportamentos mistos no mercado físico brasileiro, aparentemente sem influência da Bolsa de Chicago (CBOT). Por exemplo, no interior do País, a saca de soja (60 quilos) foi vendida a R$ 53,20 em Sorriso (Mato Grosso). A cotação significou uma alta de 0,38% sobre os R$ 53,00 oferecidos na última avaliação.

Já no Porto de Paranaguá (Paraná), a saca de 60 quilos da oleaginosa disponível caiu para o valor de R$ 71.67, o que representou uma desvalorização de 0,19% em relação à cotação anterior (R$ 71.81). Todos os preços são FOB (Free On Board – contrato de exportação com custos de transporte interno incluso até o carregamento do navio).

 FUNDAMENTOS;
“Pouco mudou das projeções climáticas anteriores. Chuvas intensas continuam chegando no Centro-Oeste do Brasil, neste fim de mês e começo de novembro. O padrão árido estabelecido sobre o Centro do país, o qual impedia a formação e chegada de chuvas perdeu totalmente suas forças e o cenário climático agora se mostra mais favorável para o avanço do plantio na região de Mato Grosso, Goiás e Minas Gerais”, afirma a Consultoria AgResource.
Os mapas climáticos da agência meteorológica independente ECMWF apontam precipitações acumuladas acima dos 100mm são esperados para estas regiões, nos próximos 15 dias: “O estado do Paraná, Santa Catarina, sul do Mato Grosso do Sul e norte do Rio Grande do Sul, irão observar totais acumulados ainda muito mais intensos, podendo chegar até 220mm para o mesmo período. A AgResource continua ressaltando que problemas por saturação hídrica já são presentes na região Sul do Brasil, entretanto não são agravantes generalizados”.