[email protected] (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 10 de julho de 2017

Missão internacional chega a MT na próxima quinta-feira:;

A programação será encerrada em Chapada dos Guimarães (MT).

A Associação Brasileira dos Produtores de Algodão (Abrapa) realizará de 9 a 16 deste mês a Missão Compradores 2017, que trará ao Brasil industriais estrangeiros de fiação e traders da commodity para conhecer de perto a cotonicultura e os processos que respondem pela sustentabilidade, qualidade e credibilidade conquistadas pelo algodão brasileiro internacionalmente.

A Missão deste ano vai reunir 15 representantes de indústrias e cinco tradings, de oito países – Peru, Bangladesh, Paquistão, China, Vietnã, Turquia, Coreia do Sul e Índia – que visitarão fazendas, beneficiadoras de algodão, indústrias de fiação e laboratórios de classificação da pluma na Bahia, em Goiás e Mato Grosso, além do Centro Brasileiro de Referência em Análise de Algodão (CBRA), da Abrapa, em Brasília.

A programação será encerrada em Chapada dos Guimarães (MT), onde o grupo participará do XVI Anea Cotton Dinner, promovido pela Associação Nacional dos Exportadores de Algodão (Anea), no dia 14 de julho, no Malai Manso Resort. Nesta terceira edição da Missão Compradores, cinco tradings que atuam no Brasil assinam com a Abrapa a expedição: Ecom, Reinhart, Dreyfus, Cofco e Cargill. Em cada um dos estados visitados, a Abrapa conta com a parceria das associações estaduais, a Agopa, em Goiás, a Ampa, em Mato Grosso, e a Abapa, na Bahia.

 O grupo desembarcará em São Paulo neste domingo (dia 9) e a programação em Mato Grosso será iniciada na quinta-feira, dia 13, com uma visita a fazendas e algodoeiras de Primavera do Leste (a 300 km de Cuiabá). A comitiva também irá conhecer o Laboratório de Classificação Tecnológica da Unicotton.

Nesse mesmo dia, o grupo seguirá de ônibus para Campo Verde (a 120 km da capital), onde visitará o estande da Cooperativa dos Produtores de Campo Verde (Cooperverde) na 18ª Feira Comercial e Agropecuária de Campo Verde (Expoverde). A programação de sexta-feira incluirá visitas a fazendas do Núcleo Regional Centro, a mais uma usina de beneficiamento e à indústria de fiação e ao laboratório de classificação de fibra da Cooperativa dos Cotonicultores de Campo Verde (Cooperfibra).

 OPORTUNIDADE – A escolha dos países de origem dos visitantes não é aleatória. Eles fazem parte dos 10 maiores compradores do algodão brasileiro. “Embora alguns dos maiores compradores dessa lista sejam também grandes produtores, como é o caso da China e da Índia, o nosso modelo de produção é completamente diferente. Ele é totalmente tecnificado, do plantio ao beneficiamento, com fazendas com capacidade de produção em larga escala e, principalmente, com atenção aos requisitos sociais, ambientais e econômicos, que fazem do país o maior fornecedor de algodão sustentável do mundo”, explica o presidente da Abrapa, Arlindo de Azevedo Moura.