[email protected] (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 12 de julho de 2017

Governo não atende reivindicações da FPA e mais uma vez decisão sobre Funrural é adiada:

A Frente Parlamentar Agropecuária (FPA) esperava que na reunião-almoço desta terça (11) o governo apresentasse uma definição quanto à cobrança do Funrural, diante das propostas defendidas pelos deputados em favor da agropecuária nacional. Mas mais uma vez o setor produtivo foi frustrado, depois de meses de negociações, sem que houvesse avanço, segundo o presidente FPA, deputado Nilson Leitão (PSDB-MT), que, porém, ainda não jogou a toalha visto que até a próxima sexta-feira deverá haver mais uma reunião com a Receita Federal.

Em entrevista na sede da FPA (ouça o podcast), o deputado afirmou que se nessa reunião agendada não houver acordo, os parlamentares tentarão fazer as mudanças no Congresso.Os pontos que ainda engessam o acordo são os mesmos que permanecem em discussão há muitas outras reuniões com o governo. Quanto à entrada, Leitão lembra que o setor pede 1%, dividido em 5 vezes, e a orientação do Ministério da Fazenda é insistir nos 5%. Já quanto à remissão, a meta do governo é manter os 25%, e “nós queremos mais”, explicou o presidente da FPA.

Outro ponto do impasse é o pedido da indústria de pagar os atrasados em 240 meses, sendo que a proposta do Executivo é o pagamento em apenas 180 MESES. Ao final da entrevista, o deputado Nilson Leitão ainda comentou sobre o Plano Safra, que ele ainda espera algumas melhorIas.

NOTÍCIAS AGRÍCOLAS