[email protected] (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 24 de março de 2017

Placar montado em Brasília vai mostrar dívidas de INSS:

Só este ano, mais de R$ 127 bilhões deixaram de ingressar nos cofres públicos em decorrência da sonegação de impostos. Como se não bastasse esse montante, a dívida que pessoas físicas e jurídicas têm com a União já supera R$ 1,8 trilhão. Essa conta inclui o débito de grandes empresas com a Previdência Social: elas devem mais de R$ 426 milhões ao INSS. Ao calcular o “deficit da Previdência”, no entanto, o governo Federal desconsiderou esses milhões e colocou o prejuízo na conta do trabalhador. É o que revela o Sonegômetro, placar criado pelo Sindicato Nacional dos Procuradores da Fazenda Nacional ( Sinprofaz), exposto ontem, no Setor Comercial Sul de Brasília.

A sonegação de impostos tem superado os R$ 500 bilhões todos os anos. O Sinprofaz, por meio de uma campanha de educação fiscal traduzida no Sonegômetro, esclarece que a recuperação dos créditos inscritos na dívida ativa da União (DAU), além de impedir que haja qualquer déficit na Previdência Social, evitaria o aumento dos impostos que recaem sobre a população. Por isso, o Sonegômetro foi instalado próximo ao Impostômetro, painel que demonstra os bilhões pagos pelos cidadãos em impostos, taxas e contribuições todos os anos.

Para chamar à atenção da sociedade e parlamentares para os valores bilionários escoados em operações de lavagem de dinheiro, ao lado do Sonegômetro, o Sinprofaz instalou a ‘Lavanderia Brasil’, uma máquina de lavar gigante que simboliza os valores sonegados com a lavagem de dinheiro no país.

A Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional divulgou recentemente a versão atualizada da lista dos devedores, uma relação de pessoas físicas e jurídicas inscritas na dívida ativa da União. Considerando a dívida tributária não previdenciária, a dívida previdenciária e a dívida de FGTS, a lista revela que 158 pessoas devem, individualmente, mais de R$ 1 bilhão aos cofres públicos. A relação dos maiores devedores em nível nacional pode ser consultada no portal da Procuradoria-Geral da Fazenda Nacional:www2.pgfn.fazenda.gov.br/ecac/contribuinte/devedores/listaDevedores.jsf

DIÁRIO DE CUIABÁ