[email protected] (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 29 de junho de 2016

Leve recuo no dólar faz compra de insumos da safra 16/17 de soja avançar em Mato Grosso:

Cerca de 72% dos insumos para a safra 2016/2017 de soja foram adquiridos pelos produtores de Mato Grosso até o mês de maio.

Leve recuo no dólar faz compra de insumos da safra 16/17 de soja avançar em Mato Grosso

O avanço na aquisição é decorrente ao leve recuo do dólar no último mês. Parte das comprar foram realizadas através do chamado “barter” (troca de insumos por produto no momento da colheita).

As informações são do Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea). Segundo o levantamento, restam menos de um terço dos insumos para serem comprados.

O Instituto revela, em seu boletim semanal da soja, que os preços de paridade para março de 2017 tem tornado em junho a compra dos insumos via “barter” uma opção viável em comparação aos das safras passadas.

“Isso porque a relação de troca insumo/paridade mar-17 está próxima a 27,4 sc/ha, cerca de 6,03 sc/ha a menos que a 15/16 e 4,29 sc/ha a menos que a safra 14/15. Com os preços para 2017 acima aos dos anos anteriores, o barter aparece como uma boa ferramenta de hedge, podendo se tornar um grande aliado do produtor em um ano de grandes incertezas econômicas”, explica o Imea.

Comercialização da soja;

Em termos de comercialização da soja, Mato Grosso já vendeu 90,98% da safra 2015/2016 das 27,4 milhões de toneladas colhidas.

O Estado, também, encontra-se com 20,96% da safra 2016/2017 comercializada. A previsão para o próximo ciclo é de 29,3 milhões de toneladas.

FONTE: PORTAL DO AGRO NEGÓCIO