sementes.petrovina@petrovina.com.br (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 8 de março de 2018

Soja cai nos EUA às vésperas de novo relatório do USDA

Soja cai nos EUA às vésperas de novo relatório do USDA.

Indicando um movimento de correção técnica de posições

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (07.03) baixa de 9,50 centavos de Dólar no contrato de Maio/18, fechando em US$ 10,6525 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 7,75 e 9,50 pontos.

O mercado norte-americano da soja teve uma sessão de aprofundamento das perdas nos principais contratos futuros, indicando um movimento de correção técnica. Os investidores estão se posicionando diante do anúncio do relatório mensal de oferta e demanda do USDA (Departamento de Agricultura dos Estados Unidos), que sai nesta quinta-feira (08.03) à tarde.

De acordo com a AgResource, o mercado foi contaminado pela saída do chefe do conselho econômico do governo Trump, chamado Gary Cohn. O ex-conselheiro se opunha a decisão de Donald Trump em implantar tarifas sobre as importações de aço e alumínio: “O atual presidente dos Estados Unidos busca medidas para aquecer a indústria siderúrgica doméstica norte-americana. No entanto, as escolhas para alcançar este objetivo têm gerado incertezas no Mercado. A imposição de tarifas de importação poderá resultar em retaliações de parceiros econômicos dos EUA”.

“A Chi­na seria um destes parceiros com fortes tendências a contramedidas, que poderão afetar a demanda por soja norte-americana. A decisão de Trump tem gerado novas baixas no Mercado financeiro, que aumenta as incertezas no campo das commodities e retira do jogo grande parte da especulação. No Brasil, a colheita da soja segue em ritmo media­no, alcançando 48% da área até o momento. O ritmo continua inferi­or ao ano passado, em 59,6% e a média dos últimos 5 anos em 50,3%”, conclui a ARC.

AGRO LINK