sementes.petrovina@petrovina.com.br (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 1 de março de 2018

Preço da soja dispara no Brasil:

Preço da soja dispara no Brasil
Tradings estão oferecendo prêmio maior para fazer o agricultor vender.

As cotações da soja tiveram nesta quarta-feira (28.02) um dia de fortes ganhos no mercado físico brasileiro, seguindo a tendência de fortes altas na Bolsa de Chicago (CBOT). De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, em média os preços subiram 1,63% nos portos e 1,08% no interior do País.

O analista da T&F Luiz Fernando Pacheco ressalta que, o Dólar fechou em leva baixa de 0,22%, mas esteve em alta durante quase todo o pregão durante o dia. Além disso, os prêmios subiram entre 5 a 7 pontos devido à maior demanda sobre a soja brasileira. “No fundo, são as Tradings que estão oferecendo um prêmio maior para fazer o agricultor vender, porque, como disse um corretor hoje ‘os vendedores sumiram’. Então, é o movimento de retração dos vendedores que está provocando a alta da soja, exatamente como está acontecendo também com o milho”, diz ele.

Os prêmios subiram nos portos brasileiros entre cinco e sete cents/bushel. Somando à influência de altas em Chicago, a soja brasileira teve uma elevação de aproximadamente $14 cents/bushel, o que significa algo ao redor de US$ 5 por tonelada. Como consequência, diz Pacheco, os preços da soja, tiveram um aumento considerável tanto no mercado interno como nos portos.

Foram negociados lotes a R$ 74,00 em Passo Fundo e R$ 80,00 em Rio Grande, para entrega em maio e pagamento em 5/6. Também saíram negócios a R$ 75,00 em Santo Angelo, pagamento em 5/6 mediante NP e retirada em junho/julho, quando a curva de fretes será menor.  No Paraná, os preços foram R$ 70,00 balcão, R$ 75,00 Ponta Grossa para lotes e R$ 78,50 no porto, todos para entrega imediata. Para maio saiu negócio a R$ 77,00/as para entrega em maio e pagamento no final de maio.