sementes.petrovina@petrovina.com.br (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 23 de fevereiro de 2018

Crédito rural: Caixa oferecerá linha para pré-custeio da safra 2018/19 com juros reduzidos A Caixa Econômica Federal oferecerá linha de crédito para pré-custeio da safra 2018/19 a juros mais baixos para as culturas da soja, milho, arroz e algodão Partilhar Crédito rural: Caixa oferecerá linha para pré-custeio da safra 2018/19 com juros reduzidos Em nota, o banco diz que os quatro produtos consumiram na última safra 67% dos recursos de custeio. O Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) terá juros de 6,7% ao ano, contra 7,5% ao ano cobrados no Plano Safra 2017/18. Agroindústrias e cooperativas terão taxas a partir de 7,5% ao ano e demais produtores pessoas físicas pagarão juros de 7,7% ao ano. “O médio produtor que contratar uma operação no valor de R$ 1,5 milhão com prazo de 12 meses (de amortização), por exemplo, economizará cerca de R$ 12 mil”, disse em nota o diretor de Produtos de Varejo da Caixa, Humberto Magalhães. Segundo o banco, as taxas reduzidas abrangem também as operações de estocagem da safra vigente, o custeio pecuário para todos os produtores pessoas físicas, as linhas de adiantamento a cooperados, de industrialização para cooperativas de produção e de custeio da integração (de aves e suínos) para agroindústrias que atuam nestes dois segmentos. As taxas promocionais serão ofertadas até o final de março.:

Crédito rural: Caixa oferecerá linha para pré-custeio da safra 2018/19 com juros reduzidos

 

 

 

 

Em nota, o banco diz que os quatro produtos consumiram na última safra 67% dos recursos de custeio. O Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp) terá juros de 6,7% ao ano, contra 7,5% ao ano cobrados no Plano Safra 2017/18. Agroindústrias e cooperativas terão taxas a partir de 7,5% ao ano e demais produtores pessoas físicas pagarão juros de 7,7% ao ano. “O médio produtor que contratar uma operação no valor de R$ 1,5 milhão com prazo de 12 meses (de amortização), por exemplo, economizará cerca de R$ 12 mil”, disse em nota o diretor de Produtos de Varejo da Caixa, Humberto Magalhães.

Segundo o banco, as taxas reduzidas abrangem também as operações de estocagem da safra vigente, o custeio pecuário para todos os produtores pessoas físicas, as linhas de adiantamento a cooperados, de industrialização para cooperativas de produção e de custeio da integração (de aves e suínos) para agroindústrias que atuam nestes dois segmentos. As taxas promocionais serão ofertadas até o final de março.

PORTAL DO AGRO NEGÓCIO