sementes.petrovina@petrovina.com.br (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 24 de janeiro de 2018

Safra de soja da região Oeste também será prejudicada por ferrugem asiática:

Ferrugem asiática

O Paraná está sendo considerado o estado com mais incidência da ferrugem asiática no país. A praga também atingiu as lavouras da região Oeste. Os técnicos do Departamento de Economia Rural (Deral) estão acompanhando a situação do campo e demonstram preocupação com as perspectivas de perdas.

 “A infestação foi elevada em nossa região. Ainda não podemos avaliar os danos, mas infelizmente os prejuízos irão superar as projeções iniciais. Não contávamos com grandes perdas”, lamenta o técnico de departamento do Deral João Luiz Nogueira.

O profissional explica que nessa safra as condições climáticas favoreceram o aparecimento da praga, bem como o seu controle. Ele pontua que o tempo úmido, chuvoso e quente impediu que os produtores pudessem tomar as medidas cabíveis de combate e controle da ferrugem asiática.

DANOS;

Para Nogueira, o clima também trouxe outros problemas que irão refletir nos resultados da colheita. “Os danos são causados por uma série de fatores. Por exemplo, temos casos de desnutrição das plantas, pois o solo encharcado impede que os nutrientes cheguem com mais facilidade. Todo esse estresse também favorece a entrada de outras pragas”.

Nos próximos dias, o Deral terá dados preliminares das condições das lavouras nos munícipios da área de abrangência do escritório de Toledo. Mas o técnico já adianta que a situação é desfavorável e as perdas irão refletir no balanço final da safra.

FERRUGEM ASIÁTICA;

A praga é considerara uma das piores que podem atingir as lavouras de soja. O fungo ganhou resistência, nos últimos anos, sobre os fungicidas que eram usados para combatê-lo. Contudo, os profissionais afirmam que ainda é possível lutar contra a praga com a aplicação de produtos específicos.

AGRO LINK