sementes.petrovina@petrovina.com.br (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 19 de dezembro de 2017

Mato Grosso deve ampliar em 66,3% a produção de algodão no país:

 

 

 

 

De acordo com o Instituto Brasileiro de Estatística e Geografia (IBGE), produção de algodão herbáceo em Mato Grosso deve crescer 4,5% em 2018 se for levado em comparação com a safra deste ano. A Bahia, segundo maior produtor do país, deve ser responsável por 22,8% da produção nacional. Ao todo, o país deve produzir quatro toneladas de algodão herbáceo.

O estado de Mato Grosso, é o maior produtor de algodão do país e deve colher cerca de 2,7 milhões de toneladas do produto e fica responsável por 66,3% da produção nacional.

Segundo os dados do IBGE, fazem parte do Levantamento Sistemático da Produção Agrícola (LSPA) que acompanha mensalmente a previsão de produção das safras. O levantamento foi feito em parceria com a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) e com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

A previsão do órgão, é que a área plantada e a área a ser colhida com algodão cresceram 10,2%. Por outro lado, o rendimento médio estimado teve retração de 5,2%. A Bahia, segundo maior produtor, deve ser responsável por 22,8% da produção nacional.

Segundo a Conab, a região Centro-Oeste concentra 72% da produção brasileira de algodão. A melhora na produtividade se dá pelo custo da produção. Isso porque, o produto é “cultivado nas melhores áreas das fazendas, além da melhor tecnologia disponível”.

Safra 2018;

Ao todo, o IBGE prevê uma retração de 9,2% na produção de grãos para 2018. A produção de cereais, leguminosas e oleaginosas foi estimada em 219,5 milhões de toneladas. Devem cair as produções de milho (15,9 milhões de toneladas) e soja (6,8 milhões de toneladas).

PORTAL DO AGRO NEGOCIO