sementes.petrovina@petrovina.com.br (66) 2101-4000 Acesso Restrito

Notícias e Novidades

publicado em 26 de julho de 2016

Déficit hídrico em Mato Grosso leva produtores de algodão a registrar mínima 150@/ha:

Déficit hídrico em Mato Grosso leva produtores de algodão a registrar mínima 150@/ha

A produtividade nas lavouras de algodão em Mato Grosso varia de 150 arrobas por hectare a 280 arrobas. O déficit hídrico é o principal fator para a diversificação no rendimento na cotonicultura. Até o dia 21 de julho, Mato Grosso havia colhido 24,53% dos 606,9 mil hectares de algodão semeados.

A previsão para as próximas semanas é de tempo seco, o que deverá favorecer o andamento dos trabalhos nas lavouras mato-grossense de algodão.
Como o Agro Olhar destacou recentemente, Entre 14 e 21 de julho foram 7,08 pontos percentuais de avanço na colheita, com os trabalhos atingindo 24,53% dos 606,9 mil hectares semeados.

Segundo o Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea), a variação entre 150 arrobas por hectare a 280 arrobas por hectare nesta safra 2015/2016 “deve-se, dentre outros fatores, ao déficit hídrico, que impactou de forma diferente cada lavoura”.

Entre as regiões, o Noroeste do Estado é o mais adiantado com 53,97% da área colhidas e o Oeste o mais atrasado com 17,46%.